Archive for category Notícias

Desproletarizar: A Fundação Nacional para a Alegria no Trabalho (FNAT) enquanto instrumento de mediação ideológica no Estado Novo.

Nuno Domingos

Este artigo procura discutir o quadro da actividade política e ideológica da Fundação Nacional para a Alegria no Trabalho (FNAT), organização de tempos livres para trabalhadores criada pelo Estado Novo em 1935. A remissão da FNAT para o contexto da formação por parte do regime de um sistema de inculcação ideológica, típico de outros regimes fascistas, encerra a instituição numa cronologia estrita, definida pela tipologia do regime. Argumenta-se neste artigo que tanto a génese como o âmbito da actividade concreta da instituição respondem a um conjunto de problemas cujas condições históricas e sociais de produção se encontram dentro de outra cronologia, que precede e ultrapassa o Estado Novo, e cujo eixo de causalidade elementar, embora não o único, se encontra na história da regulação das relações de produção e na reprodução da força de trabalho. No âmbito do sistema corporativo, a FNAT estabeleceu-se como um dos instrumentos modernos de regulação das relações de produção de tipo capitalista, partilhados em fóruns internacionais e institucionalizados no aparelho de Estado por intermédio de uma burocracia técnica do conhecimento. A progressiva autonomização de um campo específico de resolução de problemas repercutiu-se no contexto da formulação de políticas de enquadramento estrutural, como a construção de sistemas de segurança social, como na acção situada à escala da empresa, espaço de socialização no qual a FNAT interveio. Uma das consequências da autonomização deste campo de resolução de problemas é o modo como, por intermédio de um processo de eufemização, tende a ocultar as suas condições históricas de produção.

Nenhum comentário.

Gravação da Quinta Oficina do Pensável

A gravação da Quinta Oficina do Pensável encontra-se publicada.

Nenhum comentário.

Gravações

As gravações para a Segunda e Terceira Oficinas do Pensável estão disponibilizadas na nova página Gravações.

Nenhum comentário.